Notícias » Geral

Prefeita vai à polícia denunciar fake news sobre cápsulas vazias de medicamento distribuído para pacientes com Covid-19 em MT

31/07/2020 às 16:40

Autor: G1 MT
Fonte: G1 MT

A prefeita de Sinop, na região norte do estado, Rosana Martinelli, procurou a Polícia Federal e a Polícia Civil nesta sexta-feira (31) para denunciar uma notícia falsa divulgada nas redes sociais de que o município e uma farmácia de manipulação estão entregando cápsulas de zinco vazias para pacientes em tratamento contra o novo coronavírus.

 

“É muito grave o que está acontecendo em Sinop, quando uma página faz um fake news, que é crime, atenta contra a idoneidade das pessoas, a honra e, principalmente, coloca em dúvida um trabalho sério, com recursos federais envolvidos", declarou.

 

Rosana disse que conversou com os delegados e que a Procuradoria Geral do Município vai protocolar formalmente uma queixa-crime contra fake news.

Vídeo mostra cápsulas de medicamento vazias e prefeitura denuncia fake news

O vídeo mostra uma pessoa abrindo as cápsulas dizendo que o medicamento tinha sido distribuído pela prefeitura.

"Esse é o sulfato de zinco que a prefeitura de Sinop está distribuindo e dentro não tem nada. Todos as cápsulas estão vazias. Sem nada de medicação dentro. É isso que eles estão fazendo, roubando dinheiro dos outros, do governo. O governo está dando dinheiro para eles fazerem e eles fazem com nada dentro", diz.

Vídeo mostra pessoa abrindo cápsulas vazias — Foto: Reprodução

Vídeo mostra pessoa abrindo cápsulas vazias — Foto: Reprodução

A prefeitura informou que essa é a segunda vez que é vítima de fake news durante o período de pandemia. Em abril, uma página do Facebook criou um boletim informativo epidemiológico da Covid-19 com dados falsos, o que gerou pânico na cidade.

“Em um momento tão sério, onde estamos trabalhando juntos contra a pandemia, pessoas tiram o seu tempo para colocar o nome e a credibilidade de empresários, duvidando das medicações. Isso não pode acontecer, as pessoas têm que ter responsabilidade do que falam e do que postam. É crime, e a Prefeitura está tomando as devidas providências”, afirmou a prefeita.

De acordo com o município, o protocolo de medicamentos que compõe o kit Covid foi elaborado pela Junta Médica da Secretaria Municipal de Saúde e é entregue aos pacientes, com prescrição médica.

O registro da ocorrência também será feito na Polícia Federal, uma vez que os recursos utilizados pelo município para a compra dos remédios são do governo federal.

WEBMAIL

Coloque seu e-mail e senha para ter acesso ao webmail.

Enquete

O que você achou do nosso site? Dê sua opinião e nos ajude a melhorar nossa plataforma